"SABOTS!" OU SABOTAGEM

28/04/2014 21:29


 

"...Não deis lugar ao diabo"- Efésios 4:27.
Não se permita ser sabotado... Não deis lugar ao diabo...

 

Hoje vivemos num mundo globalizado e progressista. A revolução industrial ocorrida entre os séculos XVIII e XIX gerou entre outras coisas o "progresso", mas, isso teve um custo! A história relata que mulheres e crianças eram levadas as fábricas para trabalharem entre quatorze a dezesseis horas por dia, sem direito a descanso, em péssimas condições de higiene, sem qualquer segurança e muito menos remuneração. 
Isso gerou inúmeras mortes. As mulheres descobriram que poderiam travar as engrenagens das máquinas com seus "sabots" (tamanco em francês), oferecendo assim alguma forma de resistência ao regime imposto pelos famintos capitalistas. Foi daí que surgiu o termo "sabotagem", a partir do uso dos "sabots" que emperravam as engrenagens da máquinas. (Wikipedia)

 

O termo "sabotagem" pode ter surgido a partir desse momento histórico na humanidade, porém o ação de "sabotagem" surgiu lá no Jardim do Éden. Quando o diabo tentou Eva, sabotou seu pensamento dizendo que se ela desobedecesse a Deus, seria semelhante ao altíssimo (Gênesis 3). A sabotagem deu certo, e o homem tornou-se pecador.

 

Para se ter uma ideia de como esta tática ainda é empregada pelo mesmo inimigo, entre inúmeros exemplos, observemos o texto em Atos 5. Neste texto, um casal que permite ter seus pensamentos sabotados intentaram mentir ao Espírito Santo. A sabotagem alcança seu sucesso, mas, o resultado é desastroso e o ilustre casal, cai morto. 
Podemos imaginar o que provavelmente Deus teria preparado para eles, se os mesmos continuassem servindo a Deus, sem permitirem a sabotagem de pensamento em suas vidas? Não é difícil de imaginar o que a Bíblia traria de relatos do casal, seus tremendos feitos em o Nome do Senhor Jesus e quem sabe até apareceriam na galeria dos heróis da fé... Entretanto a sabotagem os levou a frustrar o que Deus tinha preparado para eles.

 

Não é em vão que as Escrituras afirmam que nós temos que nos transformar pela renovação de nossa mente através da Palavra, para que experimentemos qual seja a perfeita, boa e agradável vontade do Senhor. (Romanos 12:1-2).

 

A todo o momento, o inimigo tenta sabotar nossos pensamentos e aquilo que o Senhor está gerando em nós, a fim de trazer destruição e negação em relação as coisas de Deus. O intento dele é nos levar a frustrar os planos de Deus para nós.

 

Frequentemente se houve pessoas na sua mais profunda ignorância afirmarem que se Deus de fato existisse, não permitiria isso ou aquilo. Percebe-se que tais pessoas já cederam a sabotagem de pensamento imposta pelo inimigo, que com toda sua astucia tende a levar todos a negação de Deus como soberano e como um déspota.

 

Será que temos permitido o inimigo acessar as “engrenagens” de nossa vida tentando nos sabotar? É preciso ser prudente a fim de que nenhum “sabots” se encontre em nós de maneira a nos tornar improdutivos para com o Senhor e Seu plano para conosco.

 

É evidente que não somos máquinas, mas, fazendo uma alegoria; se nosso viver não estiver sendo levado cativo a presença de Deus, certamente a sabotagem por parte do inimigo será uma realidade, e toda forma de presunção, murmuração, fracasso, desânimo, e coisas ruins acharão espaço em nossas mentes funcionando como “sabots” emperrando o perfeito funcionamento por Deus para nós planejado...

 

“Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo”(1 Pedro 5:-9)
 Por Vilson Ferro Martins

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!