MATURIDADE E SENTIMENTOS QUE VISITAM NOSSA ALMA

10/09/2010 14:39

Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. Não nos tornemos vangloriosos, provocando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros. (Gálatas 5:25 e 26) 

 
Viver no espírito é viver em harmonia com a vontade de Deus. Falar de vida no espírito é falar de uma guerra entre o homem natural (carne) e o homem espiritual! Não podemos viver segundo o curso de nossa carne, sendo dominados por ela. A carne nos leva a viver na alma e no corpo, como se fôssemos guiados pelo que sentimos e pelo que vemos!
 
Temos que ter cuidado com os sentimentos que visitam a nossa alma. Desenvolvimento (I Coríntios 2 e 3). Os sentimentos podem nos levar a viver segundo a nossa alma, viver em ciúmes, em disputas, viver em autos e baixos.  
 
Não podemos ser almáticos, mas devemos buscar o Espírito Santo. A vida no Espírito leva à maturidade e saúde espiritual. Saúde espiritual vem sobre nós como um processo de crescimento e mudanças, onde deixamos as coisas de menino, atitudes de menino.  
 
Não somos mais crianças, precisamos viver a vida no espírito que o Senhor está nos propondo. É necessário se emancipar! Deixar de ser menino! Precisamos crer que tudo em nossa vida acontece segundo a direção de Deus.  
 
Viver a vida no espírito é aprender a submeter a minha vontade à vontade de Deus! É aprender a sair do mundo natural, e ir no mundo espiritual, buscando o sobrenatural de Deus! O homem natural vê as coisas de um prisma errado, o “EU” está no controle 
 
Por isso, é difícil para nós começarmos um processo de aprofundamento da vida no espírito, nossa alma não gosta quando estamos caminhando em direção à Deus! Ela grita, é como quando fazemos um jejum, a nossa maior guerra não é com o corpo e nem com a fome, a nossa maior guerra é com a vontade, nesse caso, a vontade de comer!  
 
Nesses dias Deus está aguçando a nossa fome espiritual! O homem espiritual consegue aprender a discernir a vontade de Deus. O homem espiritual vê as coisas com os olhos de Deus! Até em situações onde ele é aparentemente prejudicado, ele aprende a discernir a voz de Deus! 
 
O homem carnal não tem discernimento, age pela emoção, pelo impulso, pelos sentimentos que visitam a alma! Existem coisas que os olhos dos homens não viram, que ouvidos não ouviram, mas que Deus nos revela, quando vivemos a vida no espírito!  
 
O Espírito nos ensina, nos capacita, gera em nossa mente a mente de Cristo! Não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito de Deus! Fomos regenerados em nosso espírito e podemos viver em Deus, podemos andar com Deus! Não precisamos voltar a nos escravizar em nossa alma, vivendo segundo a mente do mundo!  
 
Muitas vezes não conseguimos nos aprofundar na vida no espírito por que a nossa alma ainda está muito viva! Ficamos muito apegados às nossas convicções familiares, educacionais, culturais e até mesmo religiosas, nos tornamos como um odre velho!  
 
Nem tudo que aprendemos em nosso ceio familiar está de acordo com a Palavra de Deus e precisamos abrir mão desses conceitos. Raízes de religiosidade nos travam quando não abrimos mão dessas convicções, que são como estruturas rígidas em nossa mente! Não permitimos o mover do Espírito em nós!  
 
Nos tornamos endurecidos em nossas convicções! Não nos abrimos para viver a vida no Espírito! Embora o Espírito Santo habite em todos os cristãos, nem todos os cristãos são cheios (vivem sob o controle e poder) do Seu poder!  
 
Viver a vida no Espírito é viver de fé em fé! O Espírito Santo vive em movimento, e Ele move em nossas vidas, nos fazendo mudar atitudes e conceitos, quebrando paradigmas, quebrando convicções, mudando atitudes e comportamentos que desagradam ao Senhor! Para termos grandes experiências com Deus, precisamos começar a ter pequenas experiências com Ele, e elas vão se aprofundando, à medida que andamos na vida no Espírito! 
 
Maturidade espiritual não tem nenhuma ligação com idade cronológica, maturidade espiritual vem através de experiências com Deus e com sua Palavra! (Isaías 28-09,10 e 11).

CONCLUSÃO: 
 
Existem riquezas guardadas em Deus para nós! Essas riquezas serão reveladas através da vida no Espírito! Precisamos deixar de ser meninos! Só podemos ter experiências mais aprofundadas com Deus quando abandonarmos nossos conceitos programados e mergulharmos em Deus! “O Espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que Eu vos tenho dito são espírito e são vida" (João 6:63).
 
p/: Marcelo Rodrigues

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!