FALSOS PROFETAS: A BOCA DO ENGANO - ATENTE-SE !!!

28/12/2011 23:20
 
“Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Não deis ouvidos às palavras dos profetas que entre vós profetizam e vos enchem de vãs esperanças; falam as visões do seu coração, não o que vem da boca do SENHOR. Dizem continuamente aos que me desprezam: O SENHOR disse: Paz tereis; e a qualquer que anda segundo a dureza do seu coração dizem: Não virá mal sobre vós. Porque quem esteve no conselho do SENHOR, e viu, e ouviu a sua palavra? Quem esteve atento à sua palavra e a ela atendeu?” (Jeremias 23:16-18)
 
 
Os falsos profetas podem estar tanto dentro como fora de nós. No livro de Ezequiel (13, 15-16) Deus manifesta a sua ira contra aqueles que maldosamente proclamam mensagens e visões que afirmam ser divinas, mas que na verdade não o são. Influenciados pelas suas mentiras, os israelitas tinham-se tornado como que paredes fracas e inseguras, ainda que caiadas. Também hoje, muitos erguem frágeis paredes de medo atrás das quais se escondem.
 
São os falsos profetas que levam as pessoas a erguerem paredes com os tijolos dos sentimentos e atitudes negativos; estes falsos profetas são vários, podem ser: os pais, os professores, os colegas, o governo, os meios de comunicação social, alguns cristãos, o nosso próprio coração, e por fim, mas não por último, o diabo.
 
 
Infelizmente todos os pais, até mesmo os melhores, senão viverem de acordo com os desígnios de Deus, passam aos filhos uma imagem errada de Deus e das suas verdades. É uma realidade que hoje em dia os pais não criam os seus filhos segundo a Palavra de Deus, pelo que são criadas gerações inteiras que precisam de ser "recriadas".
 
Quando se fazem comentários sobre a aparência, a capacidade ou o futuro de uma criança, na sua presença, ela internaliza literalmente essas palavras. Esse tipo de comentário tem ainda mais peso quando é feito pelos pais, as pessoas mais importantes para ela. Para os pequeninos, os pais são como Deus, para eles as palavras dos pais são certas e irrevogáveis. Se os pais fizerem afirmações falsas e descaridosas sobre o filho podem prejudicar seriamente o seu desenvolvimento emocional, impedindo que venha a ter uma vida emocional normal.
 
Os meios de comunicação são um dos mais sinistros e malignos profetas dos nossos dias. Estes falsos profetas têm instalado o seu altar dentro de quase todos os lares do mundo desenvolvido. Diariamente as famílias sentam-se diante desse altar, para prestar-lhe culto, ouvindo-o e exaltando-o de forma sutil mas incisiva, uma vida de violência, lascívia e crimes.
 
Várias pesquisas indicam que os programas do horário nobre apresentam, em média, cerca de 13 cenas de violência por hora, sendo que nos desenhos animados, essa taxa ainda é mais elevada. E infelizmente, as principais reportagens dos jornais muitas vezes são uma reprodução da violência que vemos nos filmes quer da televisão quer do cinema.
 
O coração pode ser também para alguns uma voz tranquila e silenciosa e desen-caminhadora; no livro de (Jeremias 17, 9-10) está escrito: "Nada mais enganador que o coração, tantas vezes perverso: quem o pode conhecer? Eu, o Senhor, penetro os corações e sondo as entranhas, a fim de recompensar cada um pela sua conduta e pelos frutos das suas acções."
De todos os falsos profetas o mais mentiroso e astucioso é lúcifer, em (Amós 5, 19) está escrito: "É como um homem que foge diante de um leão, e encontra um urso; como o que, regressando a casa, apoia a mão na parede e é mordido por uma serpente."
 
É muito importante aprendermos a distinguir entre a voz enganadora dos falsos profetas e a dos verdadeiros, que são enviados por Deus. Se não o fizermos, quando nos sobrevierem as tempestades das adversidades, as paredes que construímos irão ruir.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!