A GRAÇA QUE LIBERTA A ALMA HUMANA

09/03/2010 19:30

Há muitas pessoas que sofrem as dores dos diversos problemas da vida por não conhecerem o alcance da Graça de Deus, sua eficácia e a sua manifestação. Ao discorrer sobre o assunto procuraremos mostrar quando se manifesta a Graça de Deus, ela se manifesta e como nós podemos desfrutar dessa infinita Graça.

 
 Quando nós descobrimos a Graça infinita de Deus aprendemos a lidar com os mais diversos problemas, superando-os pela graça de Deus e resolvemos o maior de todos os problemas, a falta de comunhão com Deus.

 


A ORIGEM DA GRAÇA DE DEUS

 

 Graça sobre Graça

A Graça de Deus não pode ser confundida com uma "obrigação" de Deus em resgatar a humanidade perdida. Ninguém pode exigir nada de Deus neste sentido. Deus é simplesmente constrangido pelo seu amor a buscar e salvar o homem de seus pecados e males e a abençoá-lo. Este é o conceito bíblico "por que todos nós temos recebido de sua plenitude, e graça sobre graça" (Jo 1.16)

Graça comum

A graça comum é vista em várias formas:

Manifestada na natureza -"para que vos torneis filhos de vosso pai celeste, porque Ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e vir a chuva sobre justos e injustos" (Mt 5.45).

Na restrição do mal no mundo – "E, agora, sabeis o que o detém, para que ele seja revelado somente em ocasião própria. Com efeito, o mistério da iniquidade já opera e aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém" (1Tss 2. 6,7).

Na consciência do pecado dentro do coração do homem"A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis; por quanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis. Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do criador, o qual é bendito eternamente." Amém. (Rm 1. 18-25)

"Ou desprezas a riqueza da sua bondade, e tolerância, e longanimidade, ignorando que a bondade de Deus é que te conduz ao arrependimento? "(Rm 2.4)

Graça especial
 
A medida que o homem responde afirmativamente à "graça comum" Deus concede a ele uma "graça especial" que o ajuda a crer e se aproximar mais de Deus.

"Ninguém pode vir a min se o pai que me enviou não o trouxer" (Jo 6.44). Essa "graça especial" não garante a salvação do homem ou o seu livramento total, sem que o homem tenha participação por meio da fé; pois a salvação ou libertação do homem depende não somente do esforço de Deus em alcançá-lo mas a participação do homem faz parte do plano de Deus para a cura total da alma e do corpo. "Quando ele vier(o Espírito Santo), convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo:" (Jo 16.8).

A MANIFESTAÇÃO DA GRAÇA DE DEUS


 
Observando estes textos bíblicos podemos deduzir que, Jesus é a manifestação da Graça de Deus. O texto registrado a seguir mostra mais claramente essa verdade. "Porque a lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo" (Jo 1.17)Portanto toda vez que o ser humano precisar da Graça de Deus, na verdade ele precisa de Jesus Cristo.

O ALVO DA GRAÇA DE DEUS

Quem precisa da graça de Deus?

Mesmo que o homem não procure ou faça por merecer o amor de Deus, mesmo assim, a Graça de Deus deixa sempre o caminho aberto para o homem se arrepender e se voltar para Deus. Sendo assim fica fácil perceber que, o homem é o alvo da maravilhosa Graça de Deus. "Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, deu-nos vida juntamente com Cristo, Pela graça sois salvos, e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus; para mostrar, nos séculos vindouros, a suprema riqueza da sua graça, em bondade para conosco, em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; isto não vem de vós; é Dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas." (Ef 2. 4-10)
 
Paulo refere-se nesse texto à morte espiritual; isto é, quando nosso espírito se afasta de Deus. O homem é portanto o alvo da Graça de Deus por ser um pecador por natureza. "pois todos pecaram e carecem da glória de Deus." (Rm 3.23);
 
"Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. Se dissermos que não temos cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós."(1Jo 1.8-10);
 
"porque o salário do pecado é a morte, mas o Dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor" (Rm 6.23).
 
Esses fatos registrados na Bíblia provam que todo ser humano precisa da Graça de Deus, e que, somos nós que nos afastamos de Deus e não Deus de nós, conforme registra o texto a seguir:
 
"Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vós não ouçais". (Is 59.1,2)
 
Devemos nos preocupar em encontrar a Graça de Deus enquanto ainda somos merecedores dela, um dia que nós não sabemos quando, onde e porque, ela vai acabar. "... e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a porta." (Mt 25.10b).
 
Aproveite e desfrute da Graça imensurável de Deus e seja feliz com Jesus.

COMO ALCANÇAR A GRAÇA DE DEUS

 

 
Além de crermos sem reservas na Graça de Deus, devemos buscá-la. Buscar aqui tem sentido de ação. O homem se mobilizando, lutando, esforçando-se para alcançar. Como alguém que está com sede,(sensação da necessidade de beber água) "A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando irei e me verei perante a face de Deus" (Sl 42.2);
 
"No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva" (Jo 7.37,38);
 
ou cansado (sentir fadiga ou cansaço, empenhar-se, esmerar-se), "Vinde a mim todos que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve." (Mt 11.28-30). Essa é a parte ativa no alcançar a Graça de Deus. É o homem agindo (indo a Cristo) para receber a Graça de Deus.

Recebendo a Graça

Muitas pessoas buscam a Graça de Deus com muita intensidade, mas encontram dificuldades quando ao receber a graça divina. Esta a parte passiva para alcançar a Graça de Deus. A vida cristã, do início até o fim, baseia-se no princípio de nossa total dependência do Senhor Jesus. Não há limites para a Graça que Deus quer derramar sobre nós.
 
Ele quer dar-nos tudo, mas nada poderemos receber , a não ser que descansemos nEle. "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará". (Sl 37.5);
 
"e, juntamente com Ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus". (Ef 2.6). Assentar é uma atitude de descanso. Algo foi terminado; o trabalho é paralisado, e nós nos assentamos. É paradoxal, mas verdadeiro: nós só avançamos na vida cristã se aprendermos em primeiro lugar a assentar-nos.

RESULTADOS DA GRAÇA DE DEUS

Libertos das acusações

Quem recebe a Graça de Deus é livre no sentido mais amplo da palavra. A Graça de Deus nos traz perdão e alívio para a nossa alma. Muitas pessoas, apesar de serem cristãs, não conseguiram ainda, usufruir da Graça de Deus e seus benefícios, os quais só trazem refrigério para nossa alma, proporcionando-nos, paz, alegria, amor e os demais frutos do Espírito.
 
Pelo contrário, a cada dia o número de cristãos ansiosos é crescente. Pessoas cheias de complexos, culpas, recalques e outros sentimentos de ordem emocional que produzem angústia, sentimentos de inferioridade, falta de perdão e outros que acabam sufocando e até destruindo a fé.
Vamos aprender a desfrutar dos resultados que a Graça de Deus nos proporciona, livrando-nos de acusações, conforme a seguir:

Acusações espirituais

São acusações vindo da parte do inimigo da alma humana, satanás. Que é o nosso grande acusador ("... foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusava de dia e de noite, diante do nosso Deus" (Ap 12.10b)) .Esse audacioso inimigo, tenta, nos fazer descrer do Amor de Deus, do amor próprio, tentando colocar-nos diante de Deus em posição de derrota. A Graça de Deus nos garante a vitória sobre essa acusação, basta tomarmos posse dessa maravilhosa Graça.

Acusações interiores
 
"...e acusados pela própria consciência..." (Jo 8.9). Há um dispositivo dentro da alma humana, chamado consciência. Esse dispositivo dispara, assim que, nossas atitudes são erradas; Deus foi quem fez isso em nós. A Graça de Deus deixa a nossa consciência livre de toda culpa. "muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?" (Hb 9.14).

Acusações exteriores

São acusações de pessoas que, querendo ver o nosso mal, acusam-nos falsamente, a esse tipo de acusação a Graça de Deus responde: "Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós". (Rm 8.33-34).

CONCLUSÃO:

NÃO DESPREZE A GRAÇA DE DEUS!
 
É ela que nos garante o livre acesso a Deus. Que a Graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus, nosso Pai, a comunhão e a consolação do Espírito Santo seja com todos, Amém.
"...e acusados pela própria consciência..." (Jo 8.9). Há um dispositivo dentro da alma humana, chamado consciência. Esse dispositivo dispara, assim que, nossas atitudes são erradas; Deus foi quem fez isso em nós. A Graça de Deus deixa a nossa consciência livre de toda culpa. "muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?" (Hb 9.14).
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!